O valor do pensamento negativo

Escrito por Dr. Caio Magno

Categorias:
Você provavelmente já pensou como eu. "Basta pensar positivo e tudo vai dar certo". Entenda por que essa ideia é falsa e como o pensamento negativo pode ajudar.

A falácia do controle dos pensamentos e da positividade

Estava lendo o livro Self em Evolução de Mihaly Csikszentmihalyi e achei muito interessante uma passagem sobre a negatividade da mente, de como o natural e normal é o pensamento negativo. Imagine só como é chocante se deparar com essa realidade quando é tão comum nos depararmos com títulos efusivos que pregam o pensamento positivo e o falso auto-controle dos pensamentos. Dúvido que algum de nós nunca tenha se deparado em uma livraria com algum título que promete sucesso e conquistas com o pensamento. Ou remover dores, lidar com problemas emocionais tão somente mudando o pensamento. É a ilusão do extremo controle do que se passa dentro de nós.

O pensamento negativo é biológico e evolutivo

O autor coloca claramente e com fundamentação científica como é um contrasenso tentar lutar contra a realidade do pensamento negativo pois ele é normal e até mais esperado que o positivo, simples assim. É evolutivo, biológico e genético. O ser humano é o que é hoje pois apresenta e apresentou ao longo de sua evolução uma modelo de pensamento com viés negativo: “será que vou conseguir comer hoje? Aquela região parece perigosa; é melhor evitar. Não creio que aquelas pessoas daquela tribo sejam confiáveis. Se não fizer nada não conseguiremos sobreviver a essa seca, inverno, etc”.

O pensamento negativo foi protetivo e ainda é. Assumiu e ainda assume uma importante função de preparação, ação e planejamento!

Os desavisados talvez já pensem que estou falando absurdos. “Como assim ele está defendendo que pensemos de maneira negativa”. Não instigo catastrofizarmos o mundo ou o pessimismo. Muito pelo contrário, reconhecer o que se passa, encontrar soluções e propor mudanças é fundamental para o crescimento. E para tanto devemos encontrar o valor do pensamentos ditos negativos.

O que importa é a consequência do pensamento

Creio que até a polarização negativo e positivo é inadequada. Um pensamento positivo pode ser mais nocivo que um negativo e vice versa. O que importa é a consequência e contexto. Se eu penso que a vida é maravilhosa e que não preciso fazer nada pois tudo vai dar certo, muito provavelmente o resultado vai ser o fracasso, apesar de me sentir tranquilo e confortável.

Acredito que ficou claro não? É o que o pensamento me leva a fazer. E sob isso podemos ter controle. É importante que reconheçamos todo espectro de cognições que nos surgem para estarmos munidos de sabedoria suficiente para trazer a vida para o que desejamos.

Artigos Relacionados

Paranoia

Paranoia

Bom tema para filmes. Quem nunca assistiu a Ilha do Medo de Scorcese? O delírio, a paranoia, é um tema extremamente cativante. Foge completamente da realidade e atinge o telespectador. E o que de fato seria isso?
Do ponto de vista da psiquiatria, quando falamos em paranoia, nos referimos a um quadro específico da esquizofrenia

ENtre em contato

COnsultas e sessões

Email

contato@drcaio.com

Consultório

Alameda dos Maracatins 1217, Ed Superia, conjunto 912, Moema, São Paulo, SP
Cep 04089-014

Segunda - Sexta

8:00 - 18:00