Como tornar suas emoções aliadas contra depressão e ansiedade?

Escrito por Dr. Caio Magno

Categorias:
E de onde vem a disfunção? Por que então surgem os quadros psiquiátricos que demandam tratamento? Em parte pelo não reconhecimento da normalidade das emoções.

Li a biografia de Eistein e uma dentre as coisas que me chamaram atenção foi o seu desejo de sempre buscar a simplicidade como elemento intrínseco das leis naturais. Essa busca sempre esteve presente em sua vida e não à toa que produziu a sua famosa equação matemática que hoje em dia até aparece como elemento de design de roupas.

Falo da simplicidade pois alguns conceitos da psicologia são simples, mas extremamente importantes e fortes. Um deles é: as emoções são normais e tem um papel de alertar para algo e gerar um impulso para a ação. Não adianta querer fazer diferente! Existe a natureza das coisas e nossa mente também tem uma natureza. As emoções também são regidas por princípios naturais. Ir de frente com isso é o caminho certo para a depressão, pânico, problemas de ansiedade. Não vamos patologizar o que é normal.

E de onde vem a disfunção? Por que então surgem os quadros psiquiátricos que demandam tratamento? Em parte pelo não reconhecimento da normalidade das emoções. “Alô!! Elas querem dizer algo para você! Você olha, reconhece onde ela se localiza, sua qualidade, característica? Você nota o que vem acompanhado na forma de pensamento e sensações? Reconhece em que contexto ela surgiu e se é comum aparecer em situações semelhantes? Ou simplesmente você a ignora, pelo menos tenta, e ela volta, batendo na sua porta como uma pessoa desagradável que deseja falar sobre problemas?

Se a emoção fala e não a reconhecemos, certamente iremos traçar alguma ação. Se ela não for reconhecida muito provavelmente o comportamento será automatizado. E aí, meus caros, está um grande problema. Você vai agir muito provavelmente de uma maneira que vai te afastar do que é importante e do que deseja. A emoção chega e busca convidá-lo a olhar para algum lugar. Ela tem essa natureza. É da vida, não adianta querer que seja diferente. Não vai ser! Uma montanha não vai se mexer porque eu quero que se mexa. Existe a natureza das coisas e as emoções participam disso. Nós todos participamos.

Portanto meu caro, se a tristeza, ansiedade, angústia, alegria, raiva, nojo, surpresa, vergonha, chegarem, olhe para elas com curiosidade. Reconheça como surgiram, onde surgiram, o que se passa na sua cabeça. Note se você deseja fazer algo naquele momento que enriqueça sua vida. Caso não, simplesmente perceba a emoção, faça uma escolha e deixe que ela tome seu curso natural.

Artigos Relacionados

ENtre em contato

COnsultas e sessões

Email

contato@drcaio.com

Consultório

Alameda dos Maracatins 1217, Ed Superia, conjunto 912, Moema, São Paulo, SP
Cep 04089-014

Segunda - Sexta

8:00 - 20:00