Cultive O espaço psicológico

Escrito por Dr. Caio Magno

Categorias:
Entenda como cultivar o espaço psicológico pode trazer calma e serenidade e ajudar a lidar com depressão e ansiedade.

Esse conceito sobre o qual já escrevi em alguns posts no instagram realmente me fascina. Possuímos a tendência de vivenciar a experiência interna formada pelos pensamentos, emoções, sentimentos e sensações de maneira aprisionante, ou talvez nunca tomamos consciência dessa vida interna, esse espaço virtual, sempre presente e que é a base do que nós somos.

Talvez seja para você algo parecido como é comigo. Sempre correndo, com a mente envolvida em tantos planos, reflexões, divagações, como se nunca parasse, em um frenesi que esconde a verdadeira natureza do que existe dentro de nós. Esse espaço psicológico de tranquilidade e serenidade.

Quando me refiro a ele, não é de fato uma espaço físico, real, se bem que são palavras que buscam definir algo. O que é real e o que é físico? Não é o ponto que quero discorrer aqui, mas, simplesmente, apresentar essa experiência tão rica e acessível a qualquer pessoa. 

Eu, você, todos temos esse jardim rico e vivo dentro, que só precisa ser reconhecido e cultivado diariamente. Esse espaço que é o lugar de onde notamos todos os sentidos, bem como os pensamentos, memórias, sensações, qualquer coisa; pode estar fechado, escuro, sem vida como na depressão, ou pequeno, opressor nos problemas de ansiedade e pânico. Ou pode estar aberto, fluido, agradável, energizante quando o cultivamos, e podemos fazer isso ativamente, e os benefícios provenientes como satisfação, paz, tranquilidade, calma, serenidade e alegria vêm em conjunto.

Dentro de nós existe uma fonte inesgotável de paz, no entanto, esse lugar precisa ser acessado, mas bloqueamos esse acesso diariamente quando somos levados por preocupações, ruminações, quando ficamos o tempo todo desconectados, simplesmente agindo no piloto automático.

Práticas simples de meditação mindfulness buscam acessar essa experiência diretamente. Quando você reconhece a respiração sai do domínio da mente e acessa esse poder do estado de presença. Eu, particularmente, medito 45 minutos por dia, divididos em duas etapas. É um investimento diário nessa conexão comigo mesmo e, sem me dar conta, mais facilmente, ao longo do dia me sinto mais presente, sereno. A vida se torna mais simples, o que parecia grande ou ameaçador se torna algo pequeno dentro desse amplo espaço.

Até a próxima. Abordarei esse tema novamente.

Dr. Caio Magno – Psiquiatra e terapeuta (TCC, ACT e mindfulness) – São Paulo – SP

Artigos Relacionados

ENtre em contato

COnsultas e sessões

Email

contato@drcaio.com

Consultório

Alameda dos Maracatins 1217, Ed Superia, conjunto 912, Moema, São Paulo, SP
Cep 04089-014

Segunda - Sexta

8:00 - 20:00