Aceitação: habilidade emocional

Escrito por Caio Almeida

Categorias:
Muitos pensam que aceitação é uma característica negativa, algum tipo de fraqueza. E se eu disser que é uma habilidade emocional e das mais complexas? Aceitação não é o que, comumente se imagina, passividade ou até mesmo resignação. Tampouco é falta de ação ou de resolutibilidade. É, tão somente, ser capaz de reconhecer as realidades […]

Muitos pensam que aceitação é uma característica negativa, algum tipo de fraqueza. E se eu disser que é uma habilidade emocional e das mais complexas?

Aceitação não é o que, comumente se imagina, passividade ou até mesmo resignação. Tampouco é falta de ação ou de resolutibilidade.

É, tão somente, ser capaz de reconhecer as realidades externa e interna e não entrar em conflito com elas, pois já estão presentes.

Imagine só, você não despender tanta energia com o que já está presente e poder canalizar essa vontade para o que pode mudar!

A grande dificuldade da aceitação é que, ao começarmos a praticar, entramos em contato com a dor e, naturalmente, não gostamos de sentir dor.

A reflexão é:

“Ela já está presente. Para que entrar em conflito, portanto”?

Quanto mais nos permitimos reconhecer os diversos aspectos da experiência sem resistência, maior é a percepção de calma e maior é o senso de capacidade para fazer algo. Reflitam!

Aceitação é a base para melhorar a saúde mental e desenvolver resiliência. É possível evitar episódios de depressão, pânico ou quadros ansiosos. E para quem lida com esse problemas, lidar de uma maneira mais saudável, construindo mais saúde e bem-estar.

Artigos Relacionados

ENtre em contato

COnsultas e sessões

Segunda - Sexta

8:00 - 20:00

Consultório

Alameda dos Maracatins 1217, Ed Superia, conjunto 912, Moema, São Paulo, SP
Cep 04089-014

Email

contato@drcaio.com